quinta-feira, 5 de março de 2009

Sade era o cara!!!!!!


Em 15 de novembro de 1956 iniciava-se um processo criminal
em Paris, o réu, Donatien Alphonse François, ou melhor, o Marquês de Sade,
também conhecido como Divino Marquês por uma pequena parcela de intelectuais e
artistas. Tal processo fora iniciado devido à tentativa de um editor - Jean
Pauvert - de lançar em edição as obras completas do Marquês. O tribunal
mostrava-se contrário, porquanto desde o início do século XIX as obras mais
picantes de Sade eram tidas como capazes de destruir o corpo e a alma de
qualquer leitor.
www.klepsidra.net/klepsidra8/sade.html - 32k -


Fragmentos da obra - 120 dias de
Sodoma


Ele se
faz foder enquanto enraba o irmão e a irmã; é o mesmo homem de quem a Desgranges
falará no dia 24 de Fevereiro.Nessa mesma noite, o Duque deflora Hébé no cu, que
apenas tem doze anos. Ele tem dificuldades infinitas para conseguir; ela é
segura pelas quatro velhas, e ele é servido pela Duclos e a Champville; e como
há uma festa no dia seguinte, para não atrapalhar nada, nessa mesma noite, o cu
de Hebe é entregue, e os quatro amigos gozam dela. Levam-na sem sentidos; é
enrabada sete vezes. Que a Martaine não diga que é lacrada; está errado.Dia dois
de Janeiro. 6. Ele manda quatro moças peidarem na sua boca enquanto enraba uma
quinta; em seguida, alterna. Todas peidam; e todas são enrabadas; ele somente
esporra na quinta bunda.7. Ele se diverte com três rapazinhos; ele enraba e faz
cagar, alternando os três, e masturba aquele que está sem fazer nada.8. Ele fode
a irmã no cú, fazendo-se cagar na boca pelo irmão, em seguida, ele os troca, e,
em ambos os prazeres, enrabam-no.9. Ele apenas enraba mocinhas de quinze anos,
mas não sem antes tê-las chicoteadas com toda a força.Celebram, nesse dia, a
festa da nona semana. Hércules esposa Hebe e fode sua boceta. Curval e o Duque
cada por sua vez, o marido e a mulher, alternadamente.Dia três de Janeiro. 11.
Ele só enraba durante a missa, e esporra na elevação.12. Ele só enraba calcando
um crucifixo com os pés e fazendo a moça calçá-lo.13. O homem que se divertiu
com Eugénie na décima primeira jornada da Duclos faz cagar, limpa a bunda
merdosa, tem um pau enorme, e enraba com uma hóstia na ponta de sua
ferramenta.14. Enraba um menino com a hóstia, faz-se enrabar com a hóstia. Na
nuca do menino que ele enraba está outra hóstia, sobre a qual um terceiro menino
caga. Ele esporra assim sem trocar, mas proferindo blasfêmias medonhas.15. Ele
enraba o padre enquanto diz sua missa, e quando aquele consagrou, o fodedor se
retira um momento; o padre enfia a hóstia no próprio cu, e ele volta a enrabá-lo
em cima.